Os Negócios

Os Negócios

Os Negócios

Judy Child, Ph.D.,F.R.C.

Há certos princípios Rosacruzes que podem ser aplicados a assuntos comerciais com resultados práticos. É importante lembrar que os assuntos de negócios incluem um campo amplo no que se refere à utilização de recursos, trabalho, dinheiro, carreira e relacionamentos. Os desafios no campo profissional, como em qualquer área da vida, podem ser encarados como oportunidades de crescimento pessoal. Uma tremenda energia é dirigida aos negócios quando nos sentimos moralmente certos de estarmos fazendo uma contribuição positiva para o mundo que nos cerca. A compreensão desta verdade é alcançada gradualmente, à medida em que meditamos sobre o princípio do Serviço.

Por exemplo, suponhamos que você tenha talento na área das comunicações. Sua educação e experiência profissional o prepararam para participar do desenvolvimento da indústria das comunicações, mas você está insatisfeito com sua posição atual. O desejo de mudar está aumentando, mas uma solução criativa para este problema não se apresenta. Talvez pareça haver poucas oportunidades de progresso, ou você não tem emprego algum, ou seu negócio vai mal. Numa situação destas, é difícil predizer o curso de um novo empreendimento. Como desenvolver um plano e agir de acordo com ele com confiança, especialmente em meio à incerteza econômica?

O primeiro passo é tomar conhecimento da própria ansiedade quanto à situação e de quanta energia está sendo despendida com a preocupação. Há exercícios específicos que você pode fazer para começar a resolver este problema, baseados no princípio da “entrega” ou “liberação”. Por exemplo, focalize a atenção sobre seus pensamentos relacionados com a situação profissional. Suponha-se ouvindo pensar, “Nunca vou encontrar um emprego”. Procure sentir realmente o pensamento na forma de afirmação mental com uma dimensão emocional. Verbalize o pensamento internamente ou expresse-o em voz alta. Concentre-se no pensamento, ampliando-o para, “Nunca vou encontrar um emprego porque … (por exemplo) eu não tenho todas as qualificações necessárias.” Continue a ampliar o pensamento até sentir que encontrou o medo básico. Por exemplo, “Eu nunca vou conseguir um emprego porque … eu não tenho as qualificações necessárias porque … porque … porque não mereço”. Libere este medo pelo conhecimento de que ele não é verdadeiro, e deixe que uma admissão pessoal venha do interior. Nesse caso, poderia ser, “Eu sou merecedor de um bom emprego.” A substituição consciente de seu pensamento negativo pela admissão pessoal de mérito (sempre que perceber que está pensando novamente de forma negativa) atua como uma ponte que leva ao pensamento cada vez mais criativo. Provavelmente você terá que repetir o exercício ao tomar conhecimento de outros pensamentos negativos ligados aos seus interesses comerciais. O progresso será gradual e muito mais eficaz se você mantiver uma atitude relaxada durante o exercício. Deste modo, você não ficará desencorajado nem esperará demais de si mesmo.

Outro exercício envolve mais uma ou duas pessoas. Façam um acordo no sentido de se ajudarem mutuamente a alcançar certos objetivos por uma modificação na atitude mental. Por exemplo, você pode estar precisando de uma boa ideia (ou solução) quanto a gerar dinheiro suficiente para cobrir as despesas essenciais, enquanto você se ocupa de planos de alcance mais longo. Peça a seu sócio ou outros dois companheiros de seu grupo que visualizem a sua pessoa encontrando a solução dentro de um prazo específico, digamos, dentro de duas semanas. Ao mesmo tempo, cada um dos demais identifica um problema e o modo pelo qual deseja que você os visualize para eles. Nas duas semanas seguintes, cada vez que você perceber que está se preocupando com seu problema, afaste este pensamento e use seu tempo para visualizar o que os outros pediram. Simplesmente mantenha a visualização conforme foi combinado (a imagem mental) para cada pessoa; por um momento, sinta o desejo de uma solução, e libere a imagem. Tenha a certeza de que os outros estão fazendo o mesmo por você.

À medida que você for conseguindo uma reação menos emocional, mais objetiva, com relação à sua situação profissional, verá que pode analisar sua verdadeira posição de modo mais realístico. Concentre-se em avaliar claramente seus predicados e seu potencial. Preste atenção naquilo que realmente deseja fazer. Escute sua própria conversa interior, especialmente os pensamentos e imagens que o inspiram e motivam. Não descarte estas coisas como pouco objetivas, como um mero sonhar acordado. Estas coisas representam a chave de seu sucesso. Ao aprender a aceitá-las e permitir que tenham vida em sua mente, verá que começam a gerar ideias práticas e eficazes em cumprir aquilo que deseja. Além disso, você se tornará mais receptivo a informações úteis, e mais confiante em sua capacidade de agir corretamente. Lembre-se que este é um processo gradual que requer esforço e concentração. Conscientize-se de que a perseverança traz grandes realizações.

Para ter certeza daquilo que está buscando, daquilo que deseja, será benéfico para você mesmo e para outras pessoas focalizar seus pensamentos no ideal do serviço, serviço à humanidade e serviço a todas as manifestações Cósmicas. Na medida em que a harmonização com este princípio infundir seus pensamentos relativos a questão de negócios, você saberá o que fazer, em seu íntimo.

Para maiores esclarecimentos, você poderá ler o livro Princípios Rosacruzes Para o Lar e os Negócios, de H. Spencer Lewis.

Compartilhar/strong> Artigo

Sobre o Autor

Comentários

Comments are closed.