O tempo é uma ilha

487

 

Podemos dizer que o tempo é uma ilha. No sentido geográfico, uma ilha é uma porção de terra cercada de água. Se a ilha é pequena e nela há poucas coisas que possam contribuir para o bem-estar e a manutenção da vida, e se um indivíduo está retido nessa ilha e não está satisfeito com o que lhe é oferecido, deve esse indivíduo procurar sair dessa ilha.

Nesse sentido, o tempo é uma ilha. Se vivemos em função de horários, se nossa vida é regulada pelo relógio, então, o tempo é uma ilha que nos confina e estamos restringindo a nós próprios e a nossa expressão pessoal às limitações dos outros. Portanto, o tempo é uma condição que nos pode restringir, mas também de que podemos buscar libertação, através de um planejamento e dedicação. Como sabem os Rosacruzes, o tempo não é uma entidade física, material, mas só existe em nossa consciência. Trata-se simplesmente de um método que usamos para medir a duração de consciência, seja numa atividade perceptiva ou num processo de recordação.

Embora sejamos forçados, por pressão dos tempos atuais, a nos ajustar a horários, ao relógio, há muita coisa na vida que não precisa ser restrita ao tempo. Podemos fugir à influência restritiva do tempo, relativamente ao nosso desenvolvimento pessoal. Podemos estudar, podemos recorrer às nossas experiências pessoais, podemos cultivar nossas próprias potencialidades e faculdades e, assim fazendo, estaremos escapando da ilha do tempo, que nos restringiria a uma tal rotina, a uma espécie de vida conformada que nunca teríamos oportunidade de desenvolver nossa própria capacidade de criação e imaginação.

O homem pode viver ao máximo de sua capacidade e tentar evoluir no âmbito de sua própria natureza, sem se confinar às limitações alheias. Para tanto, devemos tentar escapar da ilha do tempo, do tempo de outras pessoas, e compreender que o tempo importante para nós é o nosso próprio tempo, a duração da nossa consciência dirigida para atividades construtivas, para a tentativa de edificar novas realizações, contemplar novos horizontes, adquirir novo conhecimento e experiência.

você pode gostar também