Muito mais do que Beleza

Beleza

Muito mais do que Beleza

Gael Robertson, FRC

Alguma vez você já desejou ser a rosa, o Sol que nasce a cada dia ou o pássaro que revoa nas alturas? Todos nós, uma ou outra vez, desejamos ser parte deles. Então, é bom saber que, com nossa alma, podemos fazer parte de todos eles. Somos todas parcelas da energia de espírito que conforma os elementos da natureza.

Frequentemente falta-nos a consciência de que fazemos parte do todo que criou as maravilhas da natureza que nos circunda. Somos parte da flor e do pássaro. Nosso “espírito” compreende intuitivamente o que significa voar com asas e ter a beleza da flor.

É difícil compreender, portanto, que existam pessoas que considerem a rosa simplesmente algo que nasce, é regado, cresce até a maturidade, é polinizado e então morre; que existam pessoas que pensem no Sol apenas como um objeto que surge no Leste e põe-se no Oeste, em torno do qual gira a Terra; ou os que encarem o voo do pássaro apenas em termos de correntes aéreas e resistência dos ventos.

Entretanto, estas coisas possuem sentido muito mais profundo para o nosso ser interior, como criações da beleza, atingem o nosso íntimo e nos estimulam a criar um senso interior de paz e unidade. Ajudam-nos a desenvolver nosso ser espiritual.

Quando compreendemos a plena expressão dessas maravilhas, verificamos que elas significam muito mais para nós do que apenas forças vibratórias da natureza, muito mais do que coisas belas que podemos contemplar. Elas respondem à nossa necessidade de expressão interior. Elas constituem realização para nosso íntimo espírito criativo.

 

Compartilhar/strong> Artigo

Sobre o Autor

Comentários

Comments are closed.