Criança e Espiritualidade

criança

Criança e Espiritualidade

Robert E. Daniels, F.R.C.

As crianças vivem mais intimamente em contato com o plano psíquico do que nos damos conta. Cabe-nos a responsabilidade de transmitir a nossos filhos os princípios e ensinamentos espirituais, mediante exemplos simples e cotidianos, facilmente assimiláveis pela mente infantil.  Assim, vamos dando possibilidade à alma da criança de se manifestar desde cedo e não rejeitar, como muitas vezes acontece, sua relação com a natureza psíquica e divina das coisas.

Um bom começo é dizer às crianças que dentro delas existe uma estrela brilhante e que a cada bom pensamento e boa ação essa estrela fica mais brilhante. A cada mau pensamento e má ação, essa estrela fica mais fraca. Quando nossa estrela interior está muito brilhante, as pessoas que se aproximam de nós podem ver esse brilho, e sentem que temos uma personalidade maravilhosa. Podemos chamar essa estrela de “estrela mágica”. Essa ideia é fascinante para as crianças, o fato de elas possuírem uma estrela mágica em seu interior.

A partir de analogias simples como essa, vamos introduzindo conceitos que farão diferença na vida do futuro adulto.  Um conceito como o da “estrela mágica” está livre de dogmas e não inculca medo na jovem alma. A criança aprende desde cedo que é a única responsável pela sua felicidade ou infelicidade, despertando também para o importante princípio da responsabilidade pessoal.

Da mesma forma, conceitos como de Deus, perdão, tolerância, energia positiva etc., podem ser apresentados com simplicidade. Para espiritualizar nossos filhos é importante, ainda, vivermos nós mesmos, diariamente, os grandes princípios místicos. Assim, estaremos preparando uma geração mais esclarecida e pacífica, que construirá um futuro melhor para o planeta.

Compartilhar/strong> Artigo

Sobre o Autor

Comentários

Comments are closed.