A Arte da Gratidão

gratidao

A Arte da Gratidão

Arthur J. Fettig

Descobri uma forma de coragem que é fácil, lucrativa, e pode ser usada diariamente. Revisto-me da coragem de dar. Que dou eu? Apenas eu mesmo; só isso. A maior parte do que dou custa muito pouco, apenas um selo de cinco centavos e um pouco de esforço sincero. E que retribuição recebo do meu investimento!

Certo dia cheguei à surpreendente compreensão de que a maioria das pessoas não é apreciada. Elas procuram agradar, prestar bons serviços, porém ninguém parece perceber ou apreciar seus esforços. É doloroso passar pela vida sem ser notado e é nesse particular que a nossa coragem entra em ação. Tenhamos coragem para observar, para comentar, para cumprimentar. Subitamente, todo o mundo ao nosso redor parecerá diferente!

Você é um queixoso permanente? Uma pessoa que pode ver um pouco de mal em todas as coisas? Bem, isto o faz feliz? Realmente feliz?

Analisemos alguns exemplos. Umas poucas semanas atrás, foi inaugurado um grande estabelecimento comercial em nossa cidade. Visitei-o detidamente, e notei que era limpo, bem-servido quanto a auxiliares, e que suas mercadorias tinham preço inferior ao das demais lojas daquela área. Fiquei realmente satisfeito e, assim, escrevi ao presidente da corporação proprietária do estabelecimento. Mencionei o que me havia agradado no estabelecimento, os departamentos específicos que me entusiasmaram, e que eu esperava que o estabelecimento mantivesse o seu atual padrão de eficiência.

Poucos dias mais tarde, recebi uma resposta pessoal daquele presidente. Ele estava grato. Escreveu ao gerente local e aos chefes de vários departamentos dizendo quão satisfeito estava com essa carta, e penso que isto será incentivo para que continuem com o bom serviço. Consideremos, agora, o seguinte: eu escrevi uma carta sincera. Ela tornou meia dúzia de pessoas felizes, mas, acima de tudo, a mim mesmo!

Há alguns anos, a cidade de Detroit realizou uma linda exposição de flores em frente à sua prefeitura. A exposição constituiu-se em verdadeiro trabalho de arte e amor, e eu escrevi ao Departamento de Parques e Recreação relatando a maneira em que essa exibição floral havia iniciado o meu dia com uma nota feliz e que eu desejava cumprimentar os organizadores por seu maravilhoso trabalho. Deles recebi uma carta afirmando que estavam realizando essas exposições há muitos anos e que aquela foi a única carta de felicitações que até então haviam recebido. Mostraram-na a todos os que trabalharam na organização da exposição e eles ficaram muito satisfeitos. Eu também fiquei.

Fiz parte de uma banda de música de polca, em certa época e quando ela tocava em casamentos os responsáveis pelo bufete satisfaziam liberalmente o apetite da banda. Em um dos casamentos fui informado de que era aniversário da responsável pelo bufete e, assim, levei a banda para a cozinha e tocamos “Feliz aniversário” para Martha. A maior parte de sua vida, Martha tinha se encarregado do bufete em casamentos, porém essa foi a primeira demonstração de reconhecimento que recebeu. Vi lágrimas de alegria em suas faces, e senti-me feliz em ter tomado a iniciativa.

Em muitos casos, não se faz necessária uma carta, um e-mail ou uma mensagem nas redes sociais, apenas uma palavra. Quando alguém ou alguma coisa te agradar, não deixe de se exteriorizar a respeito. Revista-se de coragem para expressar a alguém o que está sentindo, e fará duas pessoas felizes: essa pessoa e a si mesmo. Aproveite uma dessas oportunidades cada dia, e isto tornará melhor o seu dia todo, toda a sua vida.

Essa maneira age como que por encanto, porém não poderá ser fingida. Deverá ser sincera e isenta de objetivos dissimulados. Nada aceite como retribuição por sua afabilidade, isto eliminaria a boa impressão. Você não precisa fazer seguro para esta espécie de atividade, e a sua recompensa será o reconhecimento que receberá pelo seu esforço. Se alguém aparentemente não apreciar sua expressão de cortesia, não fique ofendido… você está fazendo uma coisa muito rara. Muitas pessoas passam pela vida sem jamais ouvirem que fizeram algo bom ou que criaram algo de belo. Para algumas pessoas, é uma experiência impactante ouvirem uma palavra afável.

Seja ousado! É necessário ter coragem par expressar um elogio sincero. É fácil queixar-se e criticar quando está aborrecido e se deixar levar por sua raiva, porém tomar uma atitude de reconhecer como bom trabalho um “bom trabalho”, requer verdadeiro talento. Lembre-se, ao mesmo tempo que isto se constitui um passatempo realmente compensador. Você não poderá tornar uma outra pessoa tão feliz quanto se sentirá.

“Ensina ao teu semelhante a gratidão e ele receberá benefícios; ensina ao teu semelhante a caridade, e ele receberá amor” – A Vós Confio

Compartilhar/strong> Artigo

Sobre o Autor

Comentários

Comments are closed.